Ciarte > Publicações >

Para a história do restauro de pintura em Portugal: as antigas intervenções no retrato de José António de Oliveira Machado, da Biblioteca Nacional de Portugal

< | >
Referência António João Cruz, Carla Rego, "Para a história do restauro de pintura em Portugal: as antigas intervenções no retrato de José António de Oliveira Machado, da Biblioteca Nacional de Portugal", Ge-Conservación, 7, 2015, pp. 5-13
Editora URL
Publicação PDF
Resumo Uma pintura sobre tela, de finais do século XVIII, aparentemente em bom estado de conservação, mostrou que afinal já sofreu da-nos muito significativos, possivelmente devido às más condições de acondicionamento em que esteve. Na primeira metade do século XIX encontrava-se num depósito em Lisboa, para onde foram recolhidas as obras retiradas dos conventos, então extintos em Portugal. A pintura foi depois sujeita a numerosas intervenções de restauro, das quais as mais extensas foram tecnicamente bem executadas, provavelmente em finais do século XIX ou princípios do século XX, ainda que seguindo princípios diferentes dos actuais. Com base no estudo efectuado, recorrendo a diversos métodos de exame e análise, são descritas as intervenções detectadas, especialmente as operações de tratamento dos rasgões e de lacunas, algumas das quais executadas de forma pouco comum, assim como são identificados os materiais usados nessas intervenções.
Abstract A canvas painting from the late 18th century, apparently in good condition, revealed that, after all, had already suffered considerable damage, possibly due to poor storage conditions. In first half of the 19th century, it remained in a storage at Lisbon, together with other works collected from the extinct Portuguese convents. The painting was then subjected to numerous restoration interventions, being the more extensive ones, technically well executed, probably in the late 19th or early 20th century, although under different principles from nowadays. Based on the study carried out and using various methods of examination and analysis, the restoration interventions are described, especially the treatments of tears and gaps, some of which were executed in a rather unusual manner. Materials used in these interventions, are also identified.