Ciarte > Publicações >

Em busca da origem das cores de 'O Livro de Como se Fazem as Cores': sobre as fontes de um receituário português medieval de materiais e técnicas de pintura

< | >
Referência António João Cruz, “Em busca da origem das cores de 'O Livro de Como se Fazem as Cores': sobre as fontes de um receituário português medieval de materiais e técnicas de pintura”, in Luís Urbano Afonso (ed.), The Materials of the Image. As Matérias da Imagem, Lisboa, Cátedra de Estudos Sefarditas «Alberto Benveniste» da Universidade de Lisboa, 2010, pp. 75-85
Publicação PDF
Abstract O Livro de Como se Fazem as Cores, that is, The Book on How to Make Colours, is a 15th century Portuguese compilation of receipts about painting materials and techniques for which sources and influences were searched. Contrary to the expectations, influences of the Mappae Clavicula were not found, but some similarities were detected between O Livro de Como se Fazem as Cores and Jehan Le Begue treatise’s Experimenta de Coloribus (1431), the H490 Montpellier Manuscript (1460-1480) and, to a lesser degree, the Bolognese Manuscript also know as Segreti per Colori (first half of the 15th century). These similarities manifested through the procedures on how to make some pigments, namely mosaic gold and silver blue, and through the names attributed to certain pigments or pigments’ raw materials.
Citação RIS
Compra URL
Nota Esta publicação teve origem numa comunicação oral, apresentada por convite, em: As Matérias da Imagem: antigos receituários e tratados portugueses para preparação de pigmentos aplicados na pintura, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Lisboa, 2009
+